Pular para o conteúdo principal

Concreto Colorido


Fonte: Morar Mais
O concreto colorido é um concreto com adição de corantes para ser utilizado na forma aparente. Ambos os cimentos, cinza e branco, podem ser utilizados na produção do concreto colorido, no entanto, as cores têm melhor resultado combinado com o branco.

Essa técnica agrega valor estético às obras, dando um toque diferencial ao ambiente. Além disso, essa solução dispensa revestimento, podendo gerar economia, agilidade na fase de acabamentos e menor exigência na manutenção.

Os usos mais comum desse concreto são em pisos, calçadas, elementos decorativos, fachadas, em projetos de reurbanização, etc. 

                                       Estádio Soccer City, na África do Sul - Fonte: Fórum do Concreto Colorido

Museu da aviação na Polônia - Fonte: Fórum do Concreto Colorido



Atualmente essa tecnologia ainda é pouco utilizado no Brasil, e isso pode estar relacionado ao seu preço, que chega a ser até três vezes maior que o m³ do concreto convencional. No entanto, se levar em consideração outros fatores como diminuição do tempo de execução do projeto, maior durabilidade e menor manutenção, essa pode ser uma alternativa viável quando almeja uma diferenciação arquitetônica das obras, como mostrado nos exemplos acima.
Referências:
http://www.morest.com.br
Forum do Concreto Colorido
Revista Téchne - Artigo: Todas as cores do concreto - Edição 81 - Dezembro/2003



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!

Tratamento de Esgoto - Parte II

Tratamento Preliminar

O tratamento preliminar objetiva principalmente à remoção de sólidos grosseiros e areia, através de mecanismos físicos. Essa etapa do tratamento é composto basicamente por grades, desarenador (caixa de areia) e um medidor de vazão (ex: calha Parshall) (ver figura abaixo).

Adaptado de Von Sperling, 2005.
GradesAs grades são responsáveis pela remoção dos sólidos grosseiros. No gradeamento, o material de dimensões maiores do que o espaçamento entre as barras é retido. A remoção desse material retido pode ser manual ou mecanizada, que irá depender do tipo de grades utilizada em cada ETE.

Finalidades da remoção de sólidos grosseiros: Proteger as unidades de tratamento subsequentes; Proteger as bombas e tubulações (dispositivos de transporte do esgoto); Proteger os corpos receptores.
Desarenadores (caixa de areia)
Os desarenadores são responsáveis pela remoção da areia contida nos esgotos. Através do mecanismo de sedimentação, os grãos de areia, por terem maiores dime…

Tratamento de Esgoto - Parte III

Tratamento Primário

No tratamento primário ocorre a remoção dos sólidos em suspensão sedimentáveis e dos sólidos flutuantes, através da utilização de tanques de decantação. Os esgotos passam lentamente pelos decantadores, permitindo que os sólidos em suspensão, possuindo uma densidade maior do que a do líquido, sedimentem gradualmente no fundo. Essa massa de sólidos é denominada lodo primário bruto.
E os sólidos flutuantes, como graxas e óleos, tendo uma menor densidade que o líquido, sobem para a superfície dos decantadores, onde são coletados e removidos do tanque para posterior tratamento.
Os tanques de decantação podem ser circulares ou retangulares.

  Adaptado de Von Sperling, 2005 Atualmente, algumas unidades de tratamento de esgoto, tem susbstituído os decantadores primários por reatores anaeróbios, como os reatores UASB. A remoção de DBO através dos decantadores primários é em torno de 25 a 35%, com o reator UASB passa-se a ter uma eficiência em torno de 70%, possibil…