Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

Que tal beber o próprio suor?

Já pensou em beber seu próprio suor? Embora parece muito estranho e um pouco nojento, isso pode ser sim possível.

O engenheiro Andreas Hammar desenvolveu uma máquina que destila a água contida em roupas encharcadas de suor, tornando-a potável. O equipamento funciona mais ou menos assim: as roupas suadas são aquecidas, o suor é extraído na forma de vapor, e conduzido a uma membrana que deixa passar somente as moléculas de água, retendo as impurezas. A técnica é denominada destilação por membrana.

Segundo Hammar, é utilizado uma substância que é parecida como gore-tex (um tipo de tecido impermeável) que apenas deixa passar o vapor, retendo bactérias, sais minerais, fibras de tecido e outras substâncias. Algo similar é usado na Estação Espacial Internacional para tratar a urina dos astronautas. No entanto, Hammar afirma que a máquina foi mais barata de construir.

A máquina foi desenvolvida especialmente para a Unicef, com o objetivo de promover uma campanha de conscientização sobre a falta …

‘NOTÍCIAS: Brasil supera marca de 100 empreendimentos com certificação Leed.’

De acordo com dados divulgados pela GBC Brasil (Green Building Council Brasil), o Brasil ultrapassou a marca dos 100 empreendimentos certificados pelo Leed (Leadership Environmental and Energy Design). Dos 105 que receberam o selo, três já obtiveram o nível Platinum (máximo)
Os registros para certificação cresceram em todas as regiões, mas a região sudeste permanece na liderança. Somente São Paulo possui 80 empreendimentos Leed. Completam o a lista o Rio de Janeiro (12 certificados), Paraná (3), Rio Grande do Sul (3), Minas Gerais (2) e Distrito Federal (1). Outras cidades ainda possuem quatro empreendimentos contemplados...
Para conferir a notícia na íntegra na Revista Téchne: Acesse Aqui!
*   *   *   *   * Em novembro de 2012, existiam 34 edifícios certificados pelo Leed (ver post: ‘NOTÍCIAS: Dobra a quantidade de edifícios com a certificação Leed no Brasil.’). Em menos de 1 ano esse número triplicou.
Os certificados são de extrema importância para a disseminação do conceito…

‘NOTÍCIAS: Vale entrega estudo para retirada de minério de ferro de praia do ES

A Vale concluiu os estudos sobre as alternativas para recuperação da região Norte da Praia de Camburi, em Vitória. A região foi contaminada por minério de ferro, oriundo das operações no Complexo de Tubarão, durante a década de 1970.Duas alternativas foram analisadas: a cobertura do material depositado no local com areia limpa e a dragagem total do material com disposição no mar e reconstituição do local. Os estudos foram entregues para análise do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vitória (Semmam) e também foram apresentados ao Ministério Público Estadual e a lideranças comunitárias...
Para conferir a notícia na íntegra no G1: Acesse Aqui!
*   *   *   *   * A deposição do material ocorreu entre os anos de 1970 e 1980, mas só em 2009 que a empresa enviou o primeiro Plano de Recuperação da região. Mas como diz aquele velho ditado: “Antes tarde do que nunca”. Esse é um avanço e deve ser comemorado.