Pular para o conteúdo principal

Cinema Sustentável

Estava lendo uma edição da revista “Idéias Sustentáveis”, e em uma das reportagens recomendavam alguns filmes com temas sobre sustentabilidade. Estou postando aqui no blog a lista com alguns dos filmes recomendavam na lista e outros de minha inclusão. Então fica aí a dica para um cineminha em casa.

Avatar (2009)

O filme trata de um conflito em Pandora, um planeta fictício,  entre os colonizadores humanos e Na’vi, os nativos humanoides, pelos recursos do planeta e a continuação da existência da espécie nativa.

WALL-E (2008)

Depois que a Terra ficou inabitável, os seres humanos passaram a viver em uma nave espacial e deixaram robôs fazendo o serviço de limpeza na Terra. O robô  Wall-E funciona com energia solar e tem como função principal recolher e compactar lixo. Traz à tona a problemática da geração de resíduos em todos os cantos do planeta.

Em Busca da Vida (2006)

Enquanto era construída a gigantesca hidrelétrica de Três Gargantas, o chinês Jia Zhang Ke registrou o impacto da água que subia sobre centenas de milhares de pessoas que viviam nas cidades afetadas.

Lixo Extraordinário (2009)

É um documentário que conta a história do artista plástico Vick Muniz, que teve a idéia de trabalhar junto com a comunidade do aterro do Jardim Gramacho- RJ (um dos maiores aterros sanitários do mundo) promovendo arte, beleza, através do lixo, ou melhor, material reciclável. O filme expõe os impactos sociais e ambientais dos desperdícios gerados diariamente em toda a sociedade.

Flow (2008)

No início do século XXI, o mundo vive uma crise de água sem precedentes. Nosso bem natural mais valioso está sendo constantemente poluído, e a água potável privatizada por um emergente cartel internacional. Cientistas e ativistas analisam o crescimento vertiginoso da crise, indicando suas questões políticas e econômicas e apontando os principais responsáveis, entre empresas e governos.

Uma Verdade Inconveniente (2006)

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore apresenta uma análise da questão do aquecimento global, mostrando os mitos e equívocos existentes em torno do tema e também possíveis saídas para que o planeta não passe por uma catástrofe climática nas próximas décadas.


Fonte:
* Revista Idéia Sustentável. Edição nº 24. 2011.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reforma de casa também precisa de autorização da prefeitura?

Com o passar do tempo é normal que um imóvel necessite de alguma mudanças, seja devido a alguns degastes ou só por um desejo do morador de renovar a casa, deixando-a mais confortável e bonita. Portanto, antes de iniciar uma obra é importante consultar um especialista na área (arquiteto ou engenheiro civil) para orientar nos procedimentos a serem tomados.

Algumas reformas podem ser realizadas sem a aprovação da prefeitura, como pinturas, substituição de portas e pisos, no entanto, qualquer intervenção que modifique a concepção original, em que haja acréscimo ou supressão de área do imóvel em relação ao projeto original ou que altere a mudança do seu uso (de residencial para comercial, por exemplo) precisam obrigatoriamente de Alvará de Aprovação de Reforma que é solicitado na Prefeitura mediante a apresentação do projeto com as devidas alterações. Também é necessário ficar atentos aos entulhos gerados na reforma, que devem ser descartados em caçambas regularizadas pela prefeitura.
Cada…

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!

Tratamento de Esgoto - Parte II

Tratamento Preliminar

O tratamento preliminar objetiva principalmente à remoção de sólidos grosseiros e areia, através de mecanismos físicos. Essa etapa do tratamento é composto basicamente por grades, desarenador (caixa de areia) e um medidor de vazão (ex: calha Parshall) (ver figura abaixo).

Adaptado de Von Sperling, 2005.
GradesAs grades são responsáveis pela remoção dos sólidos grosseiros. No gradeamento, o material de dimensões maiores do que o espaçamento entre as barras é retido. A remoção desse material retido pode ser manual ou mecanizada, que irá depender do tipo de grades utilizada em cada ETE.

Finalidades da remoção de sólidos grosseiros: Proteger as unidades de tratamento subsequentes; Proteger as bombas e tubulações (dispositivos de transporte do esgoto); Proteger os corpos receptores.
Desarenadores (caixa de areia)
Os desarenadores são responsáveis pela remoção da areia contida nos esgotos. Através do mecanismo de sedimentação, os grãos de areia, por terem maiores dime…