Pular para o conteúdo principal

Urina para combater o aquecimento global



 Disponível em www.mdig.com.br. [Acessado em 21 de agosto de 2012].



Uma pesquisa realizada pelo cientista Manuel Jiménez Aguilar, vinculado ao Instituto de Pesquisa Agrícola e de Pesca do Governo Regional de Andaluzia, na Espanha, aponta a urina como reagente capaz de tirar o CO2 da atmosfera.

Segundo seus estudos, a urina contém ureia, que se decompõe à temperatura ambiente produzindo, entre outras substâncias, o amoníaco, que forma o bicarbonato de amônio absorvendo o CO2 atmosférico.

Após absorver o CO2, outra unidade de bicarbonato de amônio é produzido, o qual é usado na  China como fertilizante agrícola.

Para evitar a decomposição da urina, o pesquisador sugere a possibilidade de incluir uma pequena porção de um líquido obtido a partir da centrifugação de um tipo de azeitona, que age como conservante.

Um litro do xixi misturado com uma pequena parte deste fluido pode absorver vários gramas de gás carbônico de maneira estável e por mais de seis meses. As emissões de CO2 "podem ser reduzidas em 1%" a médio prazo. A aplicação dessa mistura pode ser feita através de filtros instalados  em chaminés domésticas e industriais, que teriam também um sistema que detectasse quando a mistura estivesse saturada de gás carbônico.

A vantagem mais importante é que a urina é um reagente produzido em abundância pelo homem (no artigo não fica claro a utilização da urina somente do homem) e encontra-se perto das fontes de poluição facilitando a sua aplicação. Para isso é necessário a implementação de outras pesquisas para elaboração de vasos sanitários que permitam a separação da urina e das fezes para posteriormente poder utilizar a urina.

Fontes:

* Artigo: “Urine Based 'Potion' Can Act as CO2 Absorbent”, publicado em Science Daily.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!

Etapas de um Projeto de Engenharia Civil

Cada projeto tem suas próprias características, mas basicamente um projeto é estruturado de acordo com as seguintes etapas:
Programa de Necessidades
Inicialmente é realizado o Programa de Necessidades, uma das etapas mais importantes na elaboração do projeto. Nessa fase ocorre uma reunião com o cliente, denominado "Reunião de Briefing". Nesse encontro o cliente informa o que ele quer no projeto como quantos cômodos terá a construção, tipo de acabamento, seus gostos e preferências, etc.
Também é realizado um estudo de viabilidade financeira, onde será analisado se a previsão de investimento do cliente será suficiente para fazer tudo que foi acordado ou se será necessário redimensionar o projeto.
E ainda, nessa reunião são coletados os documentos da propriedade para ver se está tudo regularizado. Importante não pular essa etapa pois pode evitar retrabalhos futuras.
Visita ao Local / Levantamento de Dados
Nessa etapa é analisado as questões legais do empreendimento, o estudo do …

Importância do EIA/RIMA - Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental no licenciamento de empreendimentos

A legislação brasileira e estrangeira estipula aos empreendedores a apresentação de estudos de impacto ambiental para o licenciamento ambiental de atividades econômicas. A definição de quais estudos ambientais serão utilizados vai depender do grau de impacto ambiental envolvido e da análise dos órgãos ambientais competentes.
No caso do licenciamento de atividades modificadoras do meio ambiente, tais como: ferrovias; portos; terminais de minério, petróleo e produtos químicos; oleodutos, entre outras atividades (especificadas na resolução Conama 001/86), é necessário a elaboração de estudo de impacto ambiental (EIA) e respectivo relatório de impacto ambiental (RIMA), a serem submetidos à aprovação do órgão estadual competente, e da Secretaria Especial do Meio Ambiente (SEMA) em caráter supletivo.
A exigência de apresentação de estudos ambientais é importante, pois destina-se verificar  a viabilidade ambiental do negócio a ser instalado ou operado pelo empreendedor, servindo para preven…