Pular para o conteúdo principal

Olimpíadas de Londres - sustentabilidade no esporte

Para garantir a  redução,  mitigação dos impactos ambientais e sociais gerados pelo evento, foram adotadas algumas soluções ecológicas.

Embora a promessa de transformar as Olimpíadas de Londres na mais “verde” da história não tenha sido completamente cumprida, algumas medidas não serão adotadas apenas para os jogos e permanecerão na capital londrina, trazendo vários benefícios econômicos, sociais e ambientais.

 

Revitalização de zona industrial

 

Uma das medidas de suma importância foi a revitalização de uma antiga zona industrial do distrito de Stratford para a construção do Parque Olímpico. Foram investidos aproximadamente 230 milhões de reais para descontaminar dois milhões de toneladas de solo. O trabalho de recuperação levou cerca de quatro anos.

O complexo de 2,5 quilômetros quadrados, atualmente, possui uma cobertura vegetal de 4 mil árvores e 300 mil plantas aquáticas.

Arenas recicláveis

 

A arena construídas para os jogos olímpidos e paraolímpicos de basquete são totalmente recicláveis. Erguidos dentro dos padrões das construções sustentáveis, toda a estrutura (dos bancos às quadras), ao final dos jogos,  poderá ser desmontada e reutilizada em outras instalações esportivas pelo país. A arena da modalidade pólo aquático também segue os mesmos padrões.

Tecnologias contra a poluição

 

Desde o começo de 2012, as ruas de Londres, receberam uma solução química (acetato de magnésio de cálcio), capaz de atrair as partículas de poeira fina do ar e prendê-las ao asfalto. A poeira capturada é recolhida pelo tráfego ou lavada pela chuva.

Segundo o prefeito Boris Johnson, podem ser reduzidos em até 10% a concentração de partículas de poeira no ar.

Táxis elétricos

 

Desde fevereiro começaram a circular pelas ruas de Londres os primeiros modelos do Fluence Z.E, o sedã da Renault totalmente movido a eletricidade. O veículo é alimentado por baterias de lítio e tem autonomia de 160 quilômetros sem emitir CO2, A tarifa é a mesma que os táxis convencionais.

Ônibus ecológico

O tradicional ônibus vermelho de dois andares foi adaptado para receber de forma mais acessível as pessoas com dificuldade de mobilidade e também gerar menos poluição. Os novos modelos são equipados com uma tecnologia híbrida, usando eletricidade e diesel “verde”, que emite metade dos gases poluentes da versão convencional, e possui o dobro da eficiência no aproveitamento de combustível.

Embalagens biodegradáveis

Todas embalagens de comida e bebidas vendidas dentro parque olímpico e nas arenas dos jogos deverão ser feitas de material biodegradáveis. Aproximadamente, 40% dos resíduos gerados nas instalações olímpicas serão provenientes da alimentação.

Incentivos para deslocamentos por meios alternativos

Como forma de estimular a mobilidade sustentável, reduzir a poluição e os congestionamentos, a prefeitura de Londres pretende recompensar monetariamente quem deixar o carro em casa e ir a pé ou de bicicleta para o trabalho.

A empresa Recyclebank que, em parceria com a companhia de transporte municipal Transport for London (TfL), criou um aplicativo para smartphone capaz de mensurar e pontuar os deslocamentos por meios alternativos de cada pessoa. Quando um usuário digita o destino de sua viagem, o app re.route sugere rotas para percorrer a pé ou de bike. Quem segue uma das vias alternativas ganha cinco pontos de recompensa, que são então convertidos em prêmios resgatáveis na forma de descontos em lojas e cinemas conveniados. Disponível apenas para iPhone, o aplicativo começou a valer em maio e no futuro há planos de gerar uma versão para Android.

Energia solar

Postes em formatos de árvores, com folhas equipadas com células fotovoltaicas captam a energia do sol e transformam em eletricidade. O poste tem galhos de LED que acendem automaticamente quando escurece. A idéia é do designer Ross Lovegrove.

Lixeiras inteligentes

 

Foram instalados desde fevereiro, um moderno e inovador sistema de coleta seletiva: as lixeiras são equipadas com duas telas LCD uma em cada lado, que são sensíveis ao toque e transmitem notícias em tempo real.

A idéia é chamar a atenção da população e dessa forma incentir a coleta seletiva na cidade.

Carrinhos elétricos no aeroporto

 

O principal aeroporto da cidade, Heathrow International, possui um sistema de carrinhos elétricos, sem motoristas, que são utilizados para levar os passageiros do aeroporto aos bolsões de estacionamento e vice-versa. Cada veículo, que comporta até quatro pessoas, trafega sobre uma pista exclusiva a uma velocidade de até 40 km/h e tem emissão reduzida de poluentes.

Fontes:





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Etapas de um Projeto de Engenharia Civil

Cada projeto tem suas próprias características, mas basicamente um projeto é estruturado de acordo com as seguintes etapas:
Programa de Necessidades
Inicialmente é realizado o Programa de Necessidades, uma das etapas mais importantes na elaboração do projeto. Nessa fase ocorre uma reunião com o cliente, denominado "Reunião de Briefing". Nesse encontro o cliente informa o que ele quer no projeto como quantos cômodos terá a construção, tipo de acabamento, seus gostos e preferências, etc.
Também é realizado um estudo de viabilidade financeira, onde será analisado se a previsão de investimento do cliente será suficiente para fazer tudo que foi acordado ou se será necessário redimensionar o projeto.
E ainda, nessa reunião são coletados os documentos da propriedade para ver se está tudo regularizado. Importante não pular essa etapa pois pode evitar retrabalhos futuras.
Visita ao Local / Levantamento de Dados
Nessa etapa é analisado as questões legais do empreendimento, o estudo do …

Importância do EIA/RIMA - Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental no licenciamento de empreendimentos

A legislação brasileira e estrangeira estipula aos empreendedores a apresentação de estudos de impacto ambiental para o licenciamento ambiental de atividades econômicas. A definição de quais estudos ambientais serão utilizados vai depender do grau de impacto ambiental envolvido e da análise dos órgãos ambientais competentes.
No caso do licenciamento de atividades modificadoras do meio ambiente, tais como: ferrovias; portos; terminais de minério, petróleo e produtos químicos; oleodutos, entre outras atividades (especificadas na resolução Conama 001/86), é necessário a elaboração de estudo de impacto ambiental (EIA) e respectivo relatório de impacto ambiental (RIMA), a serem submetidos à aprovação do órgão estadual competente, e da Secretaria Especial do Meio Ambiente (SEMA) em caráter supletivo.
A exigência de apresentação de estudos ambientais é importante, pois destina-se verificar  a viabilidade ambiental do negócio a ser instalado ou operado pelo empreendedor, servindo para preven…

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!