Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Soluções ambientais observadas no Vitória Apart Hospital

Estive hoje no Vitória Apart Hospital e tive a oportunidade de observar algumas soluções ambientais implantadas pelo hospital: a recepção central (figura1) do centro cirúrgico possui todo o teto de vidro, fornecendo ao ambiente uma iluminação extra e, consequentemente, a redução do consumo de energia.
Figura 1: Recepção Central

Disponível em www.vitoriaaparthospital.com.br. [Acessado em 29 de agosto de 2012].

Nos banheiros foram instalados equipamentos economizadores de energia, tais como, torneiras com temporizador (figura 2), começa a sair água no momento que pressiona um botão e para automaticamente alguns depois de alguns segundos, evitando que a torneira seja esquecida aberta. Os vasos sanitários que possuem descargas com duplo acionamento (figura 3), um para dejetos líquidos (3 litros) e outro para dejetos sólidos (6 litros).
Figura 2: Torneira com temporizador (similar ao do hospital)
Disponível em www.deca.com.br. [Acessado em 29 de agosto de 2012].

Figura 3: Vaso sanit…

Urina para combater o aquecimento global

Disponível em www.mdig.com.br. [Acessado em 21 de agosto de 2012].


Uma pesquisa realizada pelo cientista Manuel Jiménez Aguilar, vinculado ao Instituto de Pesquisa Agrícola e de Pesca do Governo Regional de Andaluzia, na Espanha, aponta a urina como reagente capaz de tirar o CO2 da atmosfera.
Segundo seus estudos, a urina contém ureia, que se decompõe à temperatura ambiente produzindo, entre outras substâncias, o amoníaco, que forma o bicarbonato de amônio absorvendo o CO2 atmosférico.
Após absorver o CO2, outra unidade de bicarbonato de amônio é produzido, o qual é usado na  China como fertilizante agrícola.
Para evitar a decomposição da urina, o pesquisador sugere a possibilidade de incluir uma pequena porção de um líquido obtido a partir da centrifugação de um tipo de azeitona, que age como conservante.
Um litro do xixi misturado com uma pequena parte deste fluido pode absorver vários gramas de gás carbônico de maneira estável e por mais de seis meses. As emissões de CO2 &q…

Veículos elétricos: ambiente urbano mais agradável

No Brasil, os veículos elétricos estão, vamos a sim dizer, em seu estágio inicial. O custo de possuir um elétrico no país ainda é muito alto, mas não há dúvida de sua contribuição para manter o ambiente urbano mais agradável.
Uma das mais importantes vantagens é a redução da poluição atmosférica, embora, esses veículos não estejam isentos de impacto ambiental, uma vez que a eletricidade utilizada para recarregar as baterias normalmente provém de uma fonte de energia não renovável, ainda assim, eles geram menor emissão de carbono que os carros convencionais. Além disso, se as estações de recarga de bateria forem abastecidas por exemplo, por energia solar, as emissões são quase nulas.
Outra vantagem é minimização da poluição sonora, uma vez que o seu motor é bem mais silencioso que o do veículo convencional, o que proporciona um trânsito mais sadio, sem causar stress, irritação, fadiga, surdez, entre outros.
Além desses fatores, a energia elétrica tem um custo menor que a g…

A privada de Bill Gates

Bill Gates, fundador da Microsoft, lançou um concurso entre oito universidades internacionais para que elas criassem novos modelos de vasos sanitários baratos e sustentáveis.
O projeto vencedor, “privada do futuro”, criado por uma equipe de pesquisadores do Caltech (Instituto de Tecnologia da Califórinia, tradução em inglês) é autossuficiente e movida a energia solar.
O sol irá alimentar um reator eletroquímico, que quebra a água e os resíduos humanos em fertilizantes e hidrogênio, que pode ser armazenado em pilhas de combustível de hidrogênio para proporcionar uma fonte de reserva de energia  para o funcionamento noturno ou em condições de pouca luz solar. A água tratada pode ser reutilizada nas descargas sanitárias, para lavar banheiros, pisos e na irrigação.
O protótipo inclui: uma privada comum, um mictório e uma fossa e foi projetado para uso de até 500 pessoas por dia com um mínimo de manutenção. Em um patamar mais alto foram instalados os vasos sanitários, e abaix…

‘NOTÍCIAS: Lixão de Gramacho será polo de reciclagem.’

Foi firmado um convênio entre a Secretária Estadual do Ambiente, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Fundação Banco do Brasil e a Petrobras para a construção do Polo de Reciclagem de Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
O Aterro Sanitário de Gramacho foi fechado em junho deste ano, após 34 anos de uso. Até o primeiro semestre de 2013, quando a usina recicladora estiver funcionando plenamente, 400 ex-catadores estarão trabalhando no local...
Para conferir a notícia na íntegra na Exame Abril Online:Acesse Aqui!
*   *   *   *   *
Nos últimos anos a produção de lixo aumentou significamente e, na maioria das vezes, acaba sendo misturado (hospitalar, materia orgânica e resíduos recicláveis) e tendo a mesma destinação: aterros e lixões, acarretando na contaminação de pessoas e do meio ambiente.
A reciclagem, além de preservar a natureza, contribuindo com a redução da poluição do solo, água e ar, também gera empregos, matéria prima para …

1º Gincana Cidade Melhor - Florianópolis

O lixo eletrônico possue componentes tóxicos (mercúrio, chumbo, cádmio, etc.) que ao serem descartados  inadequadamente podem contaminar o solo, lençol freático e corpos d’água, além de causar impactos a saúde das pessoas.
Pensando nisso, está sendo realizado em Florianópolis a Gincana Cidade Melhor, que visa a mobilização das escolas públicas e privadas, organizações sociais, empresas, órgãos públicos e universidades da capital em prol da arrecadação de lixo eletrônico de informática.
Os aparelhos arrecadados são destinados a cursos oferecidos pelo Comitê para Democratização da Informática de Santa Catarina (CDI-SC), em Florianópolis. Período de realização: 18 de julho a 15 de agosto de 2012.
Aparelhos Aceitos
Commputador (CPU), servidor, notebook, impressora, teclado, mouse, monitor, modem, estabilizador, roteador, aparelho telefônico, aparelho celular, aparelho CD e DVD, aparelhos de Som, televisão, cabos e fios.
Participação:1º Categoria: qualquer escola de 1º e/ou 2º grau …

Olimpíadas de Londres - sustentabilidade no esporte

Para garantir a  redução,  mitigação dos impactos ambientais e sociais gerados pelo evento, foram adotadas algumas soluções ecológicas.
Embora a promessa de transformar as Olimpíadas de Londres na mais “verde” da história não tenha sido completamente cumprida, algumas medidas não serão adotadas apenas para os jogos e permanecerão na capital londrina, trazendo vários benefícios econômicos, sociais e ambientais.Revitalização de zona industrialUma das medidas de suma importância foi a revitalização de uma antiga zona industrial do distrito de Stratford para a construção do Parque Olímpico. Foram investidos aproximadamente 230 milhões de reais para descontaminar dois milhões de toneladas de solo. O trabalho de recuperação levou cerca de quatro anos.
O complexo de 2,5 quilômetros quadrados, atualmente, possui uma cobertura vegetal de 4 mil árvores e 300 mil plantas aquáticas.
Arenas recicláveisA arena construídas para os jogos olímpidos e paraolímpicos de basquete são totalmente…

‘NOTÍCIAS: Ilhas de calor afetam cidades médias de SP.’

Uma pesquisa realizada por pesquisadores da Unesp (Universidade Estadual Paulista) constatou que a existência do fenômeno “ilhas de calor” deixou de ser um problema somente dos grandes municípios paulistas, ocorrendo também nas cidades médias.
A formação de "ilha de calor" surgem em zonas de temperatura anormalmente alta nas cidades. Segundo os estudos, cresceu 34% o número de dias quentes (temperatura acima de 30ºC) por ano nesses municípios...
Para conferir a notícia na íntegra na Folha de S.Paulo Online: Acesse Aqui!
*   *   *   *   *
São muitos os fatores que interferem na temperatura das cidades causando o fenômeno de “Ilha de Calor”: a perda das áreas verdes para dar espaços aos edifícios, interferindo na circulação dos ventos; a impermeabilização do solo devido a pavimentação que reduz o processo de evaporação urbana; a poluição atmosférica que retém a radiação do calor, entre outras.
Muitas dessas causas são intensificadas pela interferência do homem na nat…