Pular para o conteúdo principal

Logística Verde


O que é? 

Segundo DONATO*, é a área da logística que se preocupa com os aspectos e impactos da atividade logística sobre o seu entorno (comunidade e meio ambiente).

Seria o planejamento e adoção de medidas com o objetivo de tornar os processos logísticos, que envolve a movimentação de produto, desde a compra de matéria prima até o consumidor final, menos impactante ao meio ambiente, através da diminuição de emissões, destinação correta dos resíduos, eliminação de vazamentos, melhor aproveitamento da matéria prima, redução de consumo, entre outras maneiras. 

Logística Verde x Logística Reversa 

A lógistica reversa é a área da logística que trata do retorno de produtos, embalagens ou materiais ao seu centro produtivo (DONATO,V). É uma operação que controla certos fluxos de matérias primas, planejando e controlando o retorno de bens de pós consumo e bens de pós venda.

A logística verde é mais amplo. Assim, a logística reversa estaria englobada dentro da logística verde, ou seja, seria uma das medidas adotadas na implantação da logística verde. 

Logística verde na prática 

Atualmente, investir em gestão ambiental é uma necessidade para as empresas que querem se destacar no mercado. Os consumidores estão mais exigentes quanto aos produtos consumidos, há maior interesse na preservação ambiental.  Dessa forma, algumas empresas já têm demonstrado interesse em procedimentos que visam reduzir os impactos ambientais de suas atividades. 

Ambev 

A empresa Ambev, adotando a logística verde, lançou o Programa de Compartilhamento de Frota, que visa compartilhar sua frota com outras empresas. A operação é viabilizada pelos softwares Tracking, que visualiza, em tempo real, o trajeto dos veículos e corrige eventuais problemas de rotas e o TMS (Transportation Management System), que analisa a possibilidade do compartilhamento da frota com as empresas parceiras.

Como parte do investimento em Logística Verde, existe o controle da idade da frota, que em média é de 3,5 anos, no mercado, essa média é de 20 anos, veículos velhos poluem mais. Além disso, a frota é abastecida por combustíveis alternativos. Existem projetos de reciclagem, entre outros.  

 
                                                                                                             Adaptado do site da Ambev.

Natura 

A Natura possui um programa de Logística Reversa, que compreende vários estudos e ações para monitorar o ciclo de vida das embalagens recicláveis de seus cremes, xampus e maquiagens. O projeto, criado em 2007, consiste em utilizar a logística já existente para retirar de circulação essas embalagens e materiais de divulgação já usados, para encaminhá-los à reciclagem.

Foram recolhidos, em quatro anos (dados de 2011), 500 mil toneladas de resíduos em São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Outro projeto importante  é o Carbono Neutro, que tem como objetivo reduzir as emissões provenientes das atividades em toda a cadeia de negócios da empresa.

Entre outros projetos, foi lançado em 2010 a primeira embalagem de refil produzido a partir da cana-de-açúcar. Além de ser 100% reciclavél, ela reduz em 58% as emissões de gases causadores de efeito estufa em relação ao plástico comum. 

Fontes:
* DONATO, V. Entrevista sobre Logística Verde - Site da Logística.
Site da Ambev: Logística Verde.
FERNANDES, K. S. Logística: Fundamentos e Processos.
          



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reforma de casa também precisa de autorização da prefeitura?

Com o passar do tempo é normal que um imóvel necessite de alguma mudanças, seja devido a alguns degastes ou só por um desejo do morador de renovar a casa, deixando-a mais confortável e bonita. Portanto, antes de iniciar uma obra é importante consultar um especialista na área (arquiteto ou engenheiro civil) para orientar nos procedimentos a serem tomados.

Algumas reformas podem ser realizadas sem a aprovação da prefeitura, como pinturas, substituição de portas e pisos, no entanto, qualquer intervenção que modifique a concepção original, em que haja acréscimo ou supressão de área do imóvel em relação ao projeto original ou que altere a mudança do seu uso (de residencial para comercial, por exemplo) precisam obrigatoriamente de Alvará de Aprovação de Reforma que é solicitado na Prefeitura mediante a apresentação do projeto com as devidas alterações. Também é necessário ficar atentos aos entulhos gerados na reforma, que devem ser descartados em caçambas regularizadas pela prefeitura.
Cada…

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!

Tratamento de Esgoto - Parte II

Tratamento Preliminar

O tratamento preliminar objetiva principalmente à remoção de sólidos grosseiros e areia, através de mecanismos físicos. Essa etapa do tratamento é composto basicamente por grades, desarenador (caixa de areia) e um medidor de vazão (ex: calha Parshall) (ver figura abaixo).

Adaptado de Von Sperling, 2005.
GradesAs grades são responsáveis pela remoção dos sólidos grosseiros. No gradeamento, o material de dimensões maiores do que o espaçamento entre as barras é retido. A remoção desse material retido pode ser manual ou mecanizada, que irá depender do tipo de grades utilizada em cada ETE.

Finalidades da remoção de sólidos grosseiros: Proteger as unidades de tratamento subsequentes; Proteger as bombas e tubulações (dispositivos de transporte do esgoto); Proteger os corpos receptores.
Desarenadores (caixa de areia)
Os desarenadores são responsáveis pela remoção da areia contida nos esgotos. Através do mecanismo de sedimentação, os grãos de areia, por terem maiores dime…