Pular para o conteúdo principal

Bike Rio

O Bike Rio é um programa de aluguel de bicicletas da Prefeitura do Rio de Janeiro em parceria com o banco Itaú e o sistema de bicicletas SAMBA. O projeto tem como objetivo incentivar o uso de bicicleta como transporte alternativo.

O projeto conta com aproximadamente 600 bicicletas, distribuídas em 60 estações de aluguel instaladas entre os bairros de Copacabana, Leblon, Ipanema, Lagoa, Jardim Botânico, Gávea, Botafogo, Urca, Flamengo e Centro.

As estações são conectadas a uma central de operações via wireless, 24 horas por dia. A central irá monitorar em tempo real toda a operação do sistema, atendendo os usuários via celular e call center.

Objetivos do Projeto:
  • Introduzir a bicicleta como modal de Transporte Público saudável e não poluente.
  • Combater o sedentarismo da população e promover a prática de hábitos saudáveis.
  • Redução dos engarrafamentos e da poluição ambiental nas áreas centrais das cidades.
  • Promover a humanizãção do ambiente urbano e a responsabilidade social das pessoas.

Como Utilizar?

Para utilizar o sistema compartilhado é necessário adquirir o passe Samba:
  • Passe mensal - é preciso preencher um cadastro pela internet (www.movesamba.com.br) e efetuar o pagamento de uma taxa de R$ 10,00. O passe mensal é válido por 30 dias.
  • Passe diário - o usuário paga o valor de R$ 5,00, válido por 24 horas. Não é necessário fazer o cadastro na internet, basta dirigir-se a estação desejada ligar para os números disponíveis no site ((21) 4063-3111 ou (21) 3005 4316) e seguir as informações sobre regras e tarifas.

A bicicleta pode ser usada por 60 minutos ininterruptos e quantas vezes por dia o usuário desejar. Bastando seguir a única regra: após os 60 minutos, o usuário deverá estacionar a bicicleta em qualquer uma das 60 estações, por um intervalo de 15 minutos. Viagens com duração de mais de 60 minutos serão tarifadas à parte, no valor de R$ 5,00 por cada 1 hora excedente.

Horário de Funcionamento da Estações:

As bicicletas estarão à disposição dos usuários todos os dias da semana, de 6h às 22h.


Para saber mais detalhes do programa acesse o site: www.movesamba.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!

Etapas de um Projeto de Engenharia Civil

Cada projeto tem suas próprias características, mas basicamente um projeto é estruturado de acordo com as seguintes etapas:
Programa de Necessidades
Inicialmente é realizado o Programa de Necessidades, uma das etapas mais importantes na elaboração do projeto. Nessa fase ocorre uma reunião com o cliente, denominado "Reunião de Briefing". Nesse encontro o cliente informa o que ele quer no projeto como quantos cômodos terá a construção, tipo de acabamento, seus gostos e preferências, etc.
Também é realizado um estudo de viabilidade financeira, onde será analisado se a previsão de investimento do cliente será suficiente para fazer tudo que foi acordado ou se será necessário redimensionar o projeto.
E ainda, nessa reunião são coletados os documentos da propriedade para ver se está tudo regularizado. Importante não pular essa etapa pois pode evitar retrabalhos futuras.
Visita ao Local / Levantamento de Dados
Nessa etapa é analisado as questões legais do empreendimento, o estudo do …

Importância do EIA/RIMA - Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental no licenciamento de empreendimentos

A legislação brasileira e estrangeira estipula aos empreendedores a apresentação de estudos de impacto ambiental para o licenciamento ambiental de atividades econômicas. A definição de quais estudos ambientais serão utilizados vai depender do grau de impacto ambiental envolvido e da análise dos órgãos ambientais competentes.
No caso do licenciamento de atividades modificadoras do meio ambiente, tais como: ferrovias; portos; terminais de minério, petróleo e produtos químicos; oleodutos, entre outras atividades (especificadas na resolução Conama 001/86), é necessário a elaboração de estudo de impacto ambiental (EIA) e respectivo relatório de impacto ambiental (RIMA), a serem submetidos à aprovação do órgão estadual competente, e da Secretaria Especial do Meio Ambiente (SEMA) em caráter supletivo.
A exigência de apresentação de estudos ambientais é importante, pois destina-se verificar  a viabilidade ambiental do negócio a ser instalado ou operado pelo empreendedor, servindo para preven…