Pular para o conteúdo principal

Eutrofização

  •  O que é? 
É o enriquecimento dos corpos d’ água com nutrientes, como o nitrogênio e o fósforo, causando o crescimento excessivo de organismos (principalmente as algas) e plantas aquáticas, em níveis considerados como causadores de interferências com os usos desejáveis do corpo d’águas. 

A eutrofização pode ocorrer em corpos d’água naturais (lagoas, lagos, rios, etc.) ou artificiais (represas, reservatórios). No entanto, ambos os casos são requeridas condições lênticas, em rios, por exemplo, o processo de eutrofização é menos frequente, devido às condições ambientais desfavoráveis ao fenômeno, como turbidez e velocidade elevadas. 

O nível de eutrofização está normalmente associado ao uso e ocupação do solo, predominantemente na bacia hidrográfica, como mostra a figura abaixo:

Evolução do Processo de Eutrofização de um Lagou ou Represa

Fonte: Von Sperling, 2005.


  • Problemas da Eutrofização
  • Problemas estéticos e recreacionais - devido a frequentes florações das águas; crescimento excessivo da vegetação; distúrbios com mosquitos e insetos;  eventuais maus odores e  mortandade de peixes;

  • Eventuais condições anaeróbias no corpo d’água como um todo;
  • Eventuais mortandades de peixes;

  • Maior dificuldade e elevação nos custos de tratamento da água;
  • Problemas com o abastecimento de águas industrial;
  • Toxicidade das algas;
  • Redução na navegação e capacidade de transporte;
  • Desaparecimento gradual do lago como um todo;

  • Níveis de Trofia
     Fonte: Adaptado de Vollenweider (apud Von Sperling, 2005).

  • Controle da Eutrofização

    • Medidas preventivas (atuação na bacia hidrográfica, controlando as fontes externas):
      • Controle do esgoto
      • Controle da drenagem pluvial, incluindo a questão dos resíduos sólidos
      • Controle do uso do solo na bacia, sobretudo quanto à utilização abusiva de adubos na agricultura e pecuária.
    • Medidas corretivas (atuação no lago ou represa)
      • Processos mecânicos (exemplos: retirada das águas profundas; remoção do sedimento, etc.)
      • Processos químicos (exemplos: aplicação de cal; precipitação química do fósforo, etc.)
      • Processos biológicos (exemplos: utilização de peixes que se alimentam de plantas; manipulação da cadeia alimentar, etc.)

Mini Glossário:
* Águas lênticas - águas estacionárias ou paradas, como por exemplo os lagos, lagoas, pântanos, etc.


Fontes:
* VON SPERLING, M. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos. DESA-UFMG. 2005.
PROSAB 5 - Livro 2: Esgoto - Nutrientes de esgoto sanitário: utilização e remoção.




Comentários

  1. VC TEM ESTE ARTIGO DE VON SPERLING EM PDF? PODE ME FORNECER?SE PUDER MANDAREI MEU E- MAIL.
    OBRIGADA!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não possuo o artigo em pdf, somente livro impresso.
      Att,
      Josiane C. Guss

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

‘POLÍTICA AMBIENTAL: Linha do tempo - Evolução da legislação ambiental brasileira.’

Um breve resumo da legislação ambiental no Brasil de 1906 a 2011.

OBS: Por favor, para uma melhor visualização, abrir a imagem em uma nova aba e dar zoom.





Fontes:
* Site do Ministério do Meio Ambiente. Acesse Aqui!
* Site do Planalto. Acesse Aqui!

Importância do EIA/RIMA - Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental no licenciamento de empreendimentos

A legislação brasileira e estrangeira estipula aos empreendedores a apresentação de estudos de impacto ambiental para o licenciamento ambiental de atividades econômicas. A definição de quais estudos ambientais serão utilizados vai depender do grau de impacto ambiental envolvido e da análise dos órgãos ambientais competentes.
No caso do licenciamento de atividades modificadoras do meio ambiente, tais como: ferrovias; portos; terminais de minério, petróleo e produtos químicos; oleodutos, entre outras atividades (especificadas na resolução Conama 001/86), é necessário a elaboração de estudo de impacto ambiental (EIA) e respectivo relatório de impacto ambiental (RIMA), a serem submetidos à aprovação do órgão estadual competente, e da Secretaria Especial do Meio Ambiente (SEMA) em caráter supletivo.
A exigência de apresentação de estudos ambientais é importante, pois destina-se verificar  a viabilidade ambiental do negócio a ser instalado ou operado pelo empreendedor, servindo para preven…

Etapas de um Projeto de Engenharia Civil

Cada projeto tem suas próprias características, mas basicamente um projeto é estruturado de acordo com as seguintes etapas:
Programa de Necessidades
Inicialmente é realizado o Programa de Necessidades, uma das etapas mais importantes na elaboração do projeto. Nessa fase ocorre uma reunião com o cliente, denominado "Reunião de Briefing". Nesse encontro o cliente informa o que ele quer no projeto como quantos cômodos terá a construção, tipo de acabamento, seus gostos e preferências, etc.
Também é realizado um estudo de viabilidade financeira, onde será analisado se a previsão de investimento do cliente será suficiente para fazer tudo que foi acordado ou se será necessário redimensionar o projeto.
E ainda, nessa reunião são coletados os documentos da propriedade para ver se está tudo regularizado. Importante não pular essa etapa pois pode evitar retrabalhos futuras.
Visita ao Local / Levantamento de Dados
Nessa etapa é analisado as questões legais do empreendimento, o estudo do …